Solicite um Orçamento
São Paulo (11) 4447-4285

CUPINS

Por meio de uma inspeção bem detalhada, identificamos a espécie, grau de manifestação, ambiente a ser tratado, estrutura física e outros.

Os cupins se dividem em duas espécies (cupim de madeira seca e cupim subterrâneo).

Cupim de madeira seca: são cupins que vivem em madeira com baixo teor de umidade onde a própria madeira e o ambiente em que vivem provem a umidade que necessitam para sobreviver, atacam discretamente os móveis podendo formar colônias completas no interior da madeira.

Cupim subterrâneo: Esta espécie é denominada assim por construírem seus ninhos no solo mas podem migrar para outros ambientes como: caixões perdidos em edifícios, vãos entre lajes, paredes duplas e outros. Um dos sinais do ataque desta espécie são os caminhos feitos de terra, fezes e salivas que ajudam a proteger seus predadores, perda de água e outros problemas.

MÉTODOS DE CONTROLE

Os métodos de controle basicamente dependerão da espécie e grupo identificado no período da inspeção. Os principais grupos de cupins de maior importância são os cupins de Madeira Seca e Cupins Subterrâneos:

TRATAMENTOS

Sendo a espécie cupim de solo, deverá receber um tratamento mais complexo, pois na maioria das vezes a colônia poderá não estar dentro da residência ou na madeira. Um dos principais tratamentos é a perfuração no piso interno e externo com 15cm de largura, distância de 30cm, formando uma barreira contínua.

Um dos principais problemas do cupim subterrâneo é que ele se dispersa por caminhos estreitos como: paredes duplas, caixões perdidos, espaços internos nas portas e janelas, rede elétrica e hidráulica.

O tratamento do interior da construção necessita de cuidados específicos, principalmente com encanamentos de água, tubulações elétricas e por ocasião das perfurações do piso para tratamento. Buscamos através da planta baixa identificar todos os pontos de encanamentos para evitar danos.

O primeiro passo para se tratar uma madeira infestada é também a identificação da espécie infestante.

Os cupins de Madeira Seca ficam restritos à peça atacada. Ao remover a peça, evitam-se novas manifestações de cupins.

Outro método de tratamento é injeção de produtos químicos na madeira atingindo os cupins dentro das galerias da madeira.

O tratamento da madeira infestada por cupins subterrâneos é apenas de caráter paliativo, pois a existência de madeiras já colocadas nas estruturas dificultando a penetração do produto, poderá deixar pontos sem tratamento, favorecendo novas manifestações.

No caso de cupins subterrâneos o uso de madeiras já tratadas durante a construção ou reforma ajudará a prevenir o ataque desses cupins.

Sampa Service © Copyright 2018. Todos os Direitos Reservados.
...